Belagricola

Notícias

Empresas criam incentivos à liderança feminina

Empresas criam incentivos à liderança feminina
Legenda: Laura de Albuquerque Philippsen
A versatilidade é uma das características das mulheres. Entre seus múltiplos papéis, é também no mercado de trabalho que muitas encontram o reconhecimento profissional e, não raro, alcançam degraus altos, ocupam a almejada liderança - a qual exige muita dedicação.

Vocação, potencial e perfil são atributos essenciais, e o desenvolvimento deles também é possível, pois as ferramentas de aprendizagem estão à disposição de todos, e líderes natos também estão em contínuo desenvolvimento.


NA PRÁTICA, A LIDERANÇA

É muito comum também que as mulheres encontrem pedras no caminho na busca por novos cargos - com mais responsabilidade dentro de uma empresa. Por outro lado, existem empresas que não têm a sensibilidade de olhar para os diferenciais da mulher.

Na Belagrícola, existem vários programas que visam acolher e estimular as mulheres a crescerem profissionalmente.
Entre eles estão: licença maternidade de seis meses, auxílio creche para crianças até dois anos, o Programa Viva Mais que tem uma vertente específica para as gestantes, abrangendo desde a área nutricional, até a clínica e psicológica.

A empresa vem, há alguns anos, registrando um aumento no número de líderes mulheres. De suas cerca de 340 colaboradoras, em 2018 eram 20% líderes; 2019 - 21%; em 2020 - 21%; e 2021 - 22%.

Para acelerar esse crescimento, neste mês de março, será lançado um programa com o objetivo de trabalhar a liderança feminina, networking, empoderamento, marcas pessoais. A partir de um workshop marcado para o dia 16, serão feitos grupos de estudos para discussões e diagnóstico dos problemas que impedem o maior crescimento das mulheres na empresa para sejam implantadas as mudanças necessárias.

A Gerente Executiva de Gente e Gestão, Laura de Albuquerque Philippsen, explica que todo esse engajamento está pautado nos valores da empresa que colocam as pessoas em primeiro lugar. "Isso é genuíno e consideramos que é por meio dos colaboradores que vem o nosso crescimento. Acreditamos também que as perspectivas das mulheres possam ser ainda melhores e por isso estamos investindo mais em programas de formação, educação e conhecimento para que a figura feminina seja parte de nosso time estratégico", pontua Philippsen.

Veja a matéria completa da Folha de Londrina aqui.

 
Belagricola
FALE CONOSCO NO

WhatsApp

Belagricola
Receba novidades
no seu e-mail

Leia também

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies.
Belagricola